Meninas de Belém e Manaus participam de projeto de empoderamento

A iniciativa é do Unicef e da Safernet e tem como objetivo gerar habilidades e conhecimentos sobre o exercício da cidadania

No contexto do Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, 18 de maio, e em razão da emergência causada pela pandemia da COVID-19, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e o Centro Internacional de Cooperação para o Desenvolvimento (Cintercoop) propõem, de 18 de maio a 15 de julho de 2020, uma série de atividades virtuais para promover o empoderamento de meninas nos municípios de Belém, no Pará, e Manaus, no Amazonas.

As meninas participarão durante dois meses de missões com o intuito de desenvolver habilidades, adquirir mais conhecimento sobre seus direitos, contribuir para o exercício da democracia e melhorar as políticas públicas voltadas para meninas na Amazônia. As participantes do projeto Empoderamento de Meninas têm entre 12 e 18 anos.

As gestoras e os gestores de políticas públicas de educação, saúde e assistência, entre outros temas que impactam o desenvolvimento de crianças e adolescentes, participarão de um curso virtual de 10h/aula sobre internet segura, com foco em prevenção da violência contra meninas na internet.

O curso é uma oferta do Unicef em parceria com a Safernet e tem como objetivo contribuir para que essas e esses profissionais adquiram as habilidades necessárias para lidar com possíveis situações de violência online contra meninas garantindo que os casos sejam encaminhados para os serviços adequados.

Além do curso, o projeto propõe a construção coletiva de planos de ação municipais para promover ambientes mais saudáveis e protegidos para as meninas tanto em Manaus quanto em Belém.

Todas as atividades serão realizadas online, respeitando as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) de isolamento social.


ONU Brasil

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.