Tiago Hakiy reafirma engajamento na disseminação das culturas indígenas

Nascido em Barreirinha (AM), escritor amazonense se inspira no imaginário indígena para mostrar que o Brasil é multicultural e que assim deveria ser compreendido

O poeta e escritor Tiago Hakiy, que se autodenomina Saterê-Maué, é autor de doze livros, onze dos quais dedicados à divulgação das culturas indígenas da Amazônia.

Nascido em Barreirinha (AM), onde vivem mais de 10 mil pessoas dessa etnia, Hakiy cresceu em contato com o poeta Thiago de Mello, também barreirinhense, expoente da poesia brasileira e mundial.

Atualmente, ele divide as pesquisas literárias com a função de bibliotecário em Barreirinha, mas explica que gosta mesmo é ser identificado como contador de histórias.

É assim que são reconhecidos os indígenas que se dedicam a repassar as histórias de seus povos às futuras gerações. “E sou um contador de histórias tradicionais indígenas”, disse.

Em 2002, Hakiy estreou na literatura com um livro de poesia, Águas do Andirá, e desde então nunca mais parou.

Andirá, que em tupi significa morcego, é o nome do rio onde se localizam parte das aldeias da etnia, no município de Parintins(AM); as demais estão espalhadas no rio Marau, na jurisdição dos  município de Parintins, Maués, no Amazonas, e Aveiro e Itaituba, no Pará.

As águas do Andirá são negras e sagradas para os indígenas, que delas tiram sustento para a vida e para a sua cultura.

Os livros de Hakiy se abeberam nessas águas habitadas por seres fantásticos, como a cobra grande.

Seus livros são inspirados no imaginário indígena amazônico, porque a ideia é comunicar a existências de outras culturas no país, além daquelas que são divulgadas pelos colonizadores de ontem e de hoje.

“[…] estamos nessa luta para levarmos para vários lugares do Brasil a nossa cultura […] a nossa tradição, que não é melhor nem pior, é apenas diferente”, afirma Hakiy neste vídeo.

Confira:


 

Obras de Tiago Hakyi

  1. Águas do Andirá
  2. A pescaria do curumim e outros poemas
  3. Guaynê derrota a cobra grande: uma história indígena
  4. Curumimzice
  5. Awyató-pot: histórias indígenas para crianças
  6. O canto do uirapuru; uma verdadeira história de amor 
  7. Iwaripoáb: o verdadeiro encontro do amor
  8. A origem dos bichos
  9. Curumim
  10. Noite e dia na Aldeia
  11. Tupany: um menino Mawé
  12. Noçoquém: a floresta encantada

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.