Unesco certifica Ufam por parceria em ajuda a comunidades indígenas

Por Márcia Grana

Compartilhe:

A Organização das Nações Unidas para a Educação , a Ciência e a Cultura (Unesco) concedeu à Universidade Federal do Amazonas (Ufam) o certificado da Aliança Global para Parcerias em Alfabetização de Mídia e Informação/The Global Alliance for Partnerships on Media and Information Literacy (GAPMIL).

Trata-se do reconhecimento à campanha Amazônia contra a Covid-19, que arrecadou mais de um milhão e duzentos mil reais em recursos e cestas de alimentos não-perecíveis para atender cerca de 35 mil pessoas das regiões do Alto e Médio Solimões, Alto e Médio Rio Negro, Baixo Amazonas, Humaitá e  áreas de fronteira durante cinco meses.

Parintins      

A campanha foi uma iniciativa de docentes do Instituto de Ciências Sociais, Educação e Zootecnia (ICSEZ), unidade acadêmica da Ufam no município de Parintins.

O coordenador do projeto na Ufam, professor Thiago Franco, destaca que a iniciativa só foi bem-sucedida em virtude do engajamento em equipe.

“Dentro da Universidade temos uma equipe de trinta pessoas trabalhando, voluntariamente, no projeto, que começou no ICSEZ. Depois, a partir de um contato que eu tenho na Unesco, ampliamos não apenas para doação de alimentos como também para a informação. Aliás, começou com a informação, fizemos vídeos nas línguas indígenas e ele acabou se tornando um projeto de ação humanitária e é por isso que recebemos a certificação do GAPMIL, um Programa de Mídias e Informação, pois além de informação, estamos levando alimentos. Dentro de cada cesta, há um material impresso, em línguas nativas, com dicas básicas de como combater a Covid-19”, ressaltou o professor.

Ele enfatizou ainda a participação de  professores da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e da ONG Nossas, que realiza toda a logística financeira da campanha Amazônia contra a Covid-19.

Todos os municípios do Amazonas já foram contemplados, faltando apenas Manaus e o sul do município de Eirunepé.

A certificação foi conferida pela Embaixadora da Unesco, Beatrice Bonami. Para conferir a cerimônia de certificação, acesse  Cerimônia de Certificação Unesco https://drive.google.com/file/d/1wpE-1VT7KIZAyqlzyTiOu102ikzdv4dq/view?usp=sharing


Fonte: Ufam/Ascom

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.