ONU-Habitat quer unir cidades lusófonas em intercâmbio virtual

Com olhares fixados na recuperação de centros urbanos após a pandemia, países de língua portuguesa podem se candidatar para a terceira edição do Circuito Urbano 2020. O tema será “Cidades Pós-Covid-19: Diálogos entre o Brasil e a África lusófona”.

O Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos, ONU-Habitat, recebe até quinta-feira as candidaturas para iniciativas que queiram fazer parte da  exibição marcada para o mês de outubro.

De acordo com a agência, a chamada também está aberta a eventos de parceiros e organizadores de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe.

Com base nos lemas do Dia Mundial do Habitat e no Dia Mundial das Cidades, as iniciativas poderão abordar dois subtemas: “Habitação para todas e todos: um futuro urbano melhor” e “Valorizando nossas comunidades e cidades”.

Os participantes deverão compartilhar conhecimentos e experiências para promover um futuro urbano melhor e abordar a Nova Agenda Urbana e dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, ODSs. O foco principal será o ODS 11 que prevê “Tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis”.

Online

Em 2020, o Circuito Urbano será totalmente virtual, com eventos online ao vivo ou gravados devido às restrições impostas pela pandemia da Covid-19.
A ONU-Habitat destaca anda que no processo de inscrições das iniciativas para o Circuito Urbano 2020 considerará oferecer apoio a aquelas que obedeçam aos diferentes critérios de seleção.

Inscreva-se aqui.


Fonte: ONU News

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.