Internautas comemoram live de lançamento do livro Aprendiz de escritor

Leitoras e leitores internautas comemoraram a live do lançamento do livro Aprendiz de escritor (Valer), do professor e escritor Odonildo Sena, realizada ontem 25/9, a partir das 19h (horário de Manaus-AM).

A live, que contou com a participação dos escritores Milton Hatoum, Tenório Telles, Marcos Frederico Krüger, Neiza Teixeira e Odenildo Sena, mediados por Marta Cortezao,  durou um pouco mais de uma hora.


A íntegra da transmissão está na conta do facebook do autor


A conversa entre os escritores tratou, principalmente, do processo da escrita criativa, que é o foco do Aprediz de escritor.

O livro já está disponível nas principais livrarias físicas e virtuais. A Editora Valer, por sua vez, anunciou que manterá o preço de promoção do livro em seu site -> AQUI

Comentários

“Fantástica resposta, Milton! As Palavras todos têm, elas estão nos dicionários. O difícil é transformá-las em arte. Carlos Drummond que o diga” (Dilce Pio Nascimento).

“Privilégio ouvir vocês. Oportunidade rara pra nós, simples mortais! (Venício Garcia)

“Escrever não é uma tarefa fácil.” Ainda consigo ouvir a voz do Prof. Odenildo falando essa frase, durante as aulas em uma especialização. Que consolo dava ouvir isso, vindo dele. Humildade também se aprendia ali.” (Cleamy Albuquerque)

“Fiquei em casa, hoje, só para assistir a live de lançamento do livro do professor Odenildo Sena. O interesse pelo livro cresceu bastante, mas não só por ele: por toda a obra do mestre. Parabéns, professor Odenildo!” (Raimundo Nogueira)

“Verdadeiras palavras prof. Odenildo. Escrever é uma tarefa árdua e solitária” (Maria Celeste Cardoso).

“Que maravilha!” (Tony Silva)

“Que honra! Assistir ao professor Odenildo Sena em companhia de pessoas tão especiais, como Tenório Telles e Milton Hatoum” (José Luizs Barbosa de Oliveira)

“Vocês conhecem, eu sei, mas, é sempre bom lembrar… Não há nada na escrita. Tudo que você precisa fazer é sentar-se diante da máquina de escrever e sangrar.…” (Dori Carvalho)

“Odenildo, privilégio de participar do lançamento do seu livro”, (Ricardo Ossame).

“Obrigado. Foi muito bom. Abraços” (Norberto Melo).

“Uma vez tive a experiência de escrever com raiva. O texto saiu como num bloco de frevo, pipocando em tesouras e ferrolhos (Aderaldo Luciano).

“Escrever é composição. Essa concatenação, essa combinação dos seus diversos elementos demanda disciplina, força, criatividade, domínio de habilidades linguísticas, sensibilidade com o outro, enfim, vários componentes a serem concatenados. É trabalhos…” (Edilson Soares)

“Escrever é uma espécie de missão, penso eu. A escrita convoca. E não dá trégua enquanto o escritor não cumpre aquilo para que foi chamado (Mide Paixão).

“Escrever é trabalhoso e exige muita queima de energia…” (Silas Souza)

“Parabéns, Odenildo! Mais um sucesso, com toda a certeza! Grande abraço, meu amigo” (Ruy Garcia Marques).

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.