FST aprimora tecnologias que facilitam relação professor/aluno na pandemia

Compartilhe:

A pandemia fez a Faculdade Santa Teresa acelerar o aprimoramento do seu Ambiente Virtual de Ensino e Aprendizagem (AVEA), para elevar a interface primária na relação entre o estudante e o tutor ou professor.

Para o coordenador de Tecnologia Educacional da Faculdade Santa Teresa, Lauro Rosas Neto, a inserção de novas tecnologias no ensino ocorre há alguns anos e a pandemia acelerou esse processo, exigindo das instituições do setor uma renovação dos métodos de aprendizagem tradicionais.

“Isso não significa que tudo que foi aplicado até aqui será substituído, mas sim uma inovação, inclusão de novas ideias e métodos”, ressaltou.

O AVEA da Santa Teresa foi construído pensando em uma pedagogia socioconstrucionista em que aluno e professor desenvolvem uma relação de colaboração e reflexão crítica.

Para quem utiliza a ferramentas, os resultados nos estudos têm sido bastante vantajosos.

É o caso da estudante do curso de Psicologia da Santa Teresa, Yamille Araújo. De acordo com ela, a plataforma digital auxilia a monitorar o próprio desenvolvimento nas matérias, pois cada uma possui uma barra que mostra a porcentagem da evolução, além de permitir ver quando um professor posta material novo.

“É uma ferramenta fácil de usar, podemos ler os textos e slides na própria plataforma ou abrir em outra aba do google. Para postar uma resposta do nosso fórum basta digitarmos e se quisermos acrescentar algum material ou uma atividade passada pelo professor basta acessarmos os documentos do computador ou do celular e enviar”, destacou.

Quem também tem utilizado a ferramenta é o estudante de Direito, Guilherme Oliveira Freitas. Para o aluno, nesse período de pandemia a plataforma foi essencial, pois dessa forma foi possível dar continuidade às aulas com total segurança e a mesma qualidade.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.