FBN cria serviços de empréstimo de livros para acadêmicos durante a pandemia

Compartilhe:

A Faculdade Boas Novas não parou durante a pandemia, pois adotou todos os procedimentos de biossegurança para proteger a sua comunidade acadêmica.
No ano passado, a instituição funcionou no modelo híbrido. Neste ano, a FBN retoma o primeiro semestre no modo on-line, mas sua biblioteca estará aberta a alunos e professores, também segundo os padrões de segurança sanitária.
Para o coordenador do curso de Jornalismo Hernan Herrera, a biblioteca, livros são recursos importantes para o desenvolvimento do pensamento e da leitura de mundo.
“Mais do que entender textos, aprendemos a entender contextos, conceitos, aprendemos a observar lugares e conhecer histórias” disse. O livro permite, segundo o professor, acesso ao conhecimento por meio de um toque, de um cheiro, de um sabor ou de um som.
“O mundo se manifesta de várias maneiras, e certas leituras só podem ser feitas por meio dos sentidos”, ensina Herrera.
Nesse contexto a biblioteca é o coração da Faculdade Boas Novas (FBN) e o encanto dos acadêmicos.

Acervo
Abriga um acervo físico com mais de onze mil títulos que se compõem de livros técnicos e literários, artigos, capítulo de livros, dentre outros materiais para dar suporte às suas pesquisas os quais serão disponibilizados em PDF ou via e-mail.
Para a bibliotecária Kellen Encarnação, no período de pandemia, o aluno pode entrar em contato por meio do whatsApp (99425-7885) da biblioteca e fazer uma pré-reserva das obras.
Depois desse procedimento, o aluno passa na biblioteca somente para buscar as obras, evitando ficar aguardando muito tempo no balcão de atendimento, para evitar aglomeração.
Para empréstimo, os alunos precisam realizar a ativação do cadastro na biblioteca apresentando um documento com foto e o número de matrícula.
Após realização do cadastro todas às vezes que o aluno precisar emprestar deve apresentar sempre o número de matrícula.
O aluno pode emprestar até três obras, dentro do prazo de sete dias de empréstimo e pode renovar por mais sete dias caso necessite continuar com a obra.

Usuários
A acadêmica de jornalismo Allyem Bindá disse que “esse espaço tem se tornado fundamental como ambiente de diálogo e exercício da cidadania, além de se configurar em um centro de promoção cultural, na medida em que acolhe e serve sua demanda com as diversas manifestações tecnológicas modernas existentes nessa área,” garante.
Jarbas Araújo, 3º período do curso de jornalismo, disse gostar muito do acervo de monografias, periódicos (Revistas especializadas e informativas), obras de referência (enciclopédias, dicionários, catálogos…) e se encanta com as várias versões da Bíblia em vários idiomas e em Braille.
Outro serviço é o empréstimo de computadores para serem usados dentro da biblioteca e, também, realiza um sorteio no final do ano entre os acadêmicos e acadêmicas mais assíduos no uso dos livros do acervo.
Formulário disponível em: https://forms.gle/ma95mKYpSQB9WCeeA.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.