Manaus como La Belle Vitrine nos estudos de Otoni Mesquita

Compartilhe:

Este livro foi estruturado com o objetivo de apresentar e discutir a concepção de cidade como obra urbana e coletiva – um artefato cultural modelado por diferentes forças, manipulado por múltiplos escultures sociais de variados tempos.

Todavia, a questão central não é uma autoria da cidade, mas alguns de deus aspectos de seu processo de atualização.do como objetivo a investigação a reforma urbana processada em Manaus na última década do século 19, concentramos nossas hipóteses em três aspectos do problema que se encontram enunciados no título desta obra: La Belle -Vitrine: Manaus entre dois tempos – 1890-1900.

Ao procurar concentrar a discussão em torno das transformações dos aspectos formais da cidade, tornou-se imperativo investigar e discutir a imagem e os significados implícitos de sua aparência.

Aa investigação concentrou-se na busca de indícios que comprovassem ser as ações promovidas pelas intervenções urbanas tão intensas e de carácter tão transformador, do ponto de vista urbanístico, social e cultural, que poderiam ser interpretados como uma verdadeira refundação.

Igualmente indispensável era ressaltar que as políticas de intervenção urbana se concentravam em obras de valorização da aparência estética da cidade.

O estado definia um aspecto belo e seguro, mas artificial e desvantajoso do ponto de vista sociocultural, pois atendia prioritariamente aos interesses das elites.

A compreender que a construção da cidade foi, em grande parte, orientada no sentido de definir uma imagem embelezada e artificial, fomos induzidos a resgatar uma analogia com a confecção de uma vitrine.

Contudo, essa interpretação exigia mais que a percepção das imagens compostas pelas obras. Fazia necessário localizar outros indícios capazes de identificar elementos de tais preferências, sobretudo, no conteúdo das mensagens emitidas pelos governadores.

Assim investigamos a discussão dos projetos, procurando identificar os aspectos modernos e estáticos de sua concepção e implantação.

[…]

Mesmo reconhecendo as especificidades que distinguem diferentes cidades, não se pode ignorar que a forma e a organização do Projeto de Embelezamento seguem a orientação de determinada matriz. Em face disso, procuramos demonstrar, por meio de investigação histórica, que as características da imagem criada para a capital amazonense mantiveram-se intimamente vinculadas aos padrões que traçavam e atualizavam o modelo de cidade europeia […]

Otoni Mesquita, em La belle vitrine: entre dois tempos 1890-1900 (Valer. 2020)

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.