Escola In Cena promove três workshops neste mês

Compartilhe:

 

A Escola In Cena Casa de Artes e Produções reúne, neste mês, um time de profissionais renomados e com grande experiência no mercado para ministrar três workshops focados na preparação dos artistas para as audições.

Os instrutores são Myra Ruiz e Diego Montez, Rafaela Amado e Alexandre Queiroz, Victor Maia e Clara da Costa. Os cursos são on-line.

A programação é uma prévia do que está sendo preparado para a inauguração da sede física da escola, em Botafogo, no Rio de Janeiro, no próximo mês.

Os workshops acontecem nos próximos três sábados (dias 15, 22 e 29).

As inscrições podem ser feitas pelo e-mail incenacda@gmail.com ou pelo número (21) 97124-1001.

Quem se inscrever para dois workshops ganhará 10% de desconto e os que participarem dos três cursos recebem 15%.

A diretora da In Cena, a cantora e atriz Marcella Bártholo ressalta que os workshops abrangem todo o processo de preparação para uma audição de teatro musical, desde interpretação, canto até a dança.

“A escola tem como um dos objetivos preparar os artistas para o mercado de trabalho. Escolhemos grandes nomes do teatro musical brasileiro para que pudessem compartilhar suas experiências e orientar os alunos. A audição é uma grande oportunidade para qualquer artista e chegar bem preparado é primordial”, disse.

O primeiro workshop acontece neste sábado (15) e tem como tema “O que gostaríamos que tivessem nos contado antes”.

Myra Ruiz e Diego Montez serão os instrutores. Através das próprias experiências no mercado, eles vão tirar dúvidas e explicar sobre o processo de audição para um musical. O curso acontece das 14h às 19h.

Diego Montez e Myra Ruiz acumulam projetos de sucesso no teatro e na TV.

Diego começou a carreira no SBT, atuando em novelas como “Cúmplices de um Resgate” e “Z4”. Seu último trabalho na TV foi na novela “Bom Sucesso”, da Rede Globo, em que interpretou o personagem William.

Ele já atuou em mais de 10 musicais, como “Wicked”, “A Noviça Rebelde” e “Rent”, que lhe rendeu a indicação de melhor ator coadjuvante, no Prêmio Reverência. Já a atriz, cantora e bailarina Myra Ruiz tem 12 musicais na carreira. Entre eles, “Wicked”, em que deu vida à icônica bruxa Elphaba.

Foi protagonista de “In The Heights”, um dos mais premiados musicais da Broadway. Em 2015, a personagem prostituta Sarraghina, de “Nine – um musical felliniano” lhe rendeu a indicação a três prêmios.

Os diretores Rafaela Amado e Alexandre Queiroz ministram no dia 22 deste mês, das 17h às 19h, o workshop “Como mostrar o seu melhor em uma audição para teatro musical”.

Neste curso, os instrutores contam o que esperam que os artistas apresentem durante as audições de um trabalho, como se preparar adequadamente e se destacar a partir dos diferenciais que possuem.

Rafaela Amado é atriz e diretora de teatro. Ela dirigiu espetáculos como “O Cravo e a Rosa”, “O Jogo”, “Cartas pra Gonzaguinha”, “Brasil Mon Amour” e “Qualquer Gato Vira Lata”.

Ela também atua como professora nas escolas Centro de Estudos e Formação em Teatro Musical (Ceftem), Estúdio Voce, Casa de Artes Laranjeiras (CAL) e Escola de Atores Wolf Maya.

Alexandre Queiroz é pianista, regente, educador, diretor musical e arranjador.

Trabalhou como diretor musical, assistente de direção musical, arranjador, pianista e regente em diversos musicais do eixo Rio-São Paulo, como “Annie”, “Canções para Matrimônio”, “Chacrinha”, “Merlin e Arthur, um sonho de Liberdade”, “Bibi, uma Vida em Musical”, “A Árvore que Fugiu do Quintal”, “Meu Amigo, Charlie Brown”, “Entre o Céu e o Inferno – O Musical”, “60! Década de Arromba – Doc Musical”, “VAMP – o Musical”, “Efeitos de Borboleta”, entre outros.

Victor Maia, coreógrafo

O último workshop do mês será “Hackeando uma audição de dança”, que acontece no dia 29, das 17h às 20h, com os coreógrafos Victor Maia e Clara da Costa.

Eles também vão compartilhar suas experiências e dar dicas para que os artistas cheguem nas audições mais preparados.

Victor Maia participou de produções de sucesso como “60! Doc musical”, “70! Doc Musical” e “Meu Destino é ser Star”, além de atuar como coreógrafo do programa Caldeirão do Huck, da Rede Globo.

Recentemente, Victor Maia coreografou a tão comentada dança dos dummies, na final do programa Big Brother Brasil.

Clara da Costa já atuou como coreógrafa em espetáculos como “70! Doc Musical”, “Elis a Musical”, “Tudo ao contrário”, “Rapsódia”, “Yank”, “Matilda” e “60! Doc Musical”.

Bailarina, ela é graduada na Major Performance na SEAD – Academia de Dança Experimental de Salzburg, na Áustria. Estudou também na Tisch School of the Arts, na Universidade de Nova York, nos Estados Unidos.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.