GP da UFPA promove videoconferências com convidados internacionais

Compartilhe:

O Grupo Colaboratório de Interculturalidades, Inclusão de Saberes e Inovação Social (Colins) tem realizado, quinzenalmente, videoconferências com a presença de pesquisadores e convidados internacionais na primeira edição do “Putirum – mutirão de pensamentos e palavras”.

A iniciativa visa construir, de forma coletiva e participativa, um espaço de debates e proposições sobre pensamentos, epistemologias e metodologias em diversas áreas do conhecimento.

A próxima videoconferência ocorrerá nesta sexta-feira, dia 21 de maio, com a temática “Decolonialidade do pensamento social no espaço de língua oficial portuguesa na África”.

Nesta primeira edição do Putirum, a temática central proposta é “Epistemologias Nativas e Metodologias Colaborativas”, com apresentações, debates e proposições para desdobramentos teóricos e práticos dos temas tratados nas diversas sessões realizadas, com o objetivo de compreender o pensamento social e suas condições de produção, decorrente de contatos interculturais gerados na construção do mundo moderno, bem como as epistemologias e metodologias originadas dessa dinâmica histórica e sociocultural.

Para abordar a temática escolhida para o encontro desta sexta-feira, o convidado será o professor Odair Lopes Varela, da Universidade de Cabo Verde (Uni-CV).

Segundo o professor José Guilherme Fernandes, coordenador do Colins, oportunidades de troca de experiências com pesquisadores de outros países como essas são essenciais para o desenvolvimento do pensamento crítico e dos estudos nas áreas de interesse.

É importante que compreendamos que estamos distantes, mas não isolados. O sentido da universidade sempre foi de aproximações para que possamos ter a diversidade de pensamentos e palavras, pois isso é extremamente benéfico na formação acadêmica. Somente com a apresentação e o debate de conceitos diversos, poderemos avançar com o conhecimento científico, o que é condição sine qua non para termos a colaboração intercultural e interdisciplinar, algo que é privilégio de nosso grupo de pesquisas

José Guilherme Fernandes, coordenador do Colins

Os interessados em participar podem acessar mais informações sobre o evento e suas sessões no perfil do Colins no Instagram. Além das quatro sessões já realizadas, as quais podem ser conferidas no canal do Colins UFPA na Plataforma YouTube, e da sessão  desta semana, estão previstas mais quatro que abordarão temas como etnografia e narrativas orais, performance e oralidade, e pesquisa colaborativa. Antes das sessões, a equipe do Colins disponibiliza, ainda, dicas de leitura prévia em seu perfil do Instagram para os participantes contribuírem com as discussões que acontecerão posteriormente.

Odair Varela

Em 2013, Odair Barros Varela recebeu o Prémio Fernão Mendes Pinto, organizado pela Associação de Universidade de Língua Portuguesa (AULP), e Menção Honrosa do júri do Prémio CES para Jovens Cientistas Sociais de Língua Portuguesa, com a tese Mestiçagem Jurídica? O Estado e a Participação Local na Justiça em Cabo Verde: uma análise pós-colonial. A tese premiada faz uma análise pós-colonial do papel do Estado cabo-verdiano no que se refere à participação na justiça local e foi realizada utilizando-se de ferramentas epistemológicas conferidas pelos estudos pós-coloniais.

O pesquisador teve seu primeiro contato com o Colins em 2018, por meio de um intercâmbio entre a Uni-CV e o Programa de Pós-Graduação em Estudos Antrópicos na Amazônia (PPGEAA/UFPA), no Campus Castanhal, intermediado pelo Programa de Apoio à Cooperação Internacional (PACI) da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (Propesp/UFPA).

“Neste reencontro acadêmico, ele irá nos brindar com discussão acerca do pensamento social em países africanos de língua portuguesa oficial, o que, para nós, além de ser um encontro fraterno entre pesquisadores lusófonos, será a oportunidade de um reencontro com as bases do pensamento social brasileiro, uma vez que nossos laços com a africanidade são incontestes”, conclui o professor José Guilherme Fernandes.

Colins

O Colaboratório de Interculturalidades, Inclusão de Saberes e Inovação Social foi fundado em 2018, em virtude da demanda de pesquisadores de várias áreas do conhecimento, atuantes no Campus Castanhal da Universidade Federal do Pará.

O objetivo principal deste grupo de estudos, pesquisas e ações colaborativas é promover a inclusão de saberes entre a academia e as comunidades autóctones, considerando seus saberes e práticas culturais em interação, nos espaços e nas paisagens de ocorrência.

Serviço:

1º Putirum – mutirão de pensamentos e palavras

Data da próxima sessão: 21 de maio

Horário: a partir das 16h

Não é necessário fazer inscrições. O evento será transmitido pelo canal do Colins UFPA, na plataforma YouTube.

Mais informações estão disponíveis no perfil do Colins no Instagram.

Fonte: Assessoria de Comunicação da UFPA

Texto: Adams Mercês

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.