Faartes/Ufam faz homenagem ao maestro Nivaldo Santiago

Compartilhe:

O prédio onde funciona a Faculdade de Artes da Universidade Federal do Amazonas (Faartes/Ufam), no Setor Norte do campus universitário, ganhou a nomenclatura de Bloco de Artes “Professor Emérito Maestro Nivaldo Santiago”.

A mudança foi aprovada por unanimidade em reunião do Conselho de Administração (Consad/Ufam), realizada na tarde dessa quarta-feira (9/6), conforme parecer favorável da relatora e conselheira Vera Bentes.

O novo nome do Bloco de Artes é uma homenagem ao maestro amazonense Nivaldo Santiago, falecido em abril deste ano, aos 94 anos de idade.

O artista deu importantes contribuições para a Ufam, com papel relevante no desenvolvimento da Faculdade de Música e Artes no Amazonas, atuando como compositor, regente, arranjador musical e professor de Música, além das contribuições administrativas.

Na Ufam, Nivaldo Santiago dirigiu o Setor de Artes, atual Centro de Artes (Caua). Juntamente com sua esposa, professora Maria do Socorro de Farias Santiago, também foi responsável pela criação do curso de Licenciatura em Educação Artística, em 1980.

Em 2014, em cerimônia no Teatro Amazonas, o Conselho Universitário (Consuni/Ufam) concedeu ao maestro o título de professor emérito por sua trajetória na Música da região Norte.

A autora da indicação de nomenclatura para o Bloco de Artes é a professora Rosemara Staub de Barros, ex-diretora da Faartes.

De acordo com a docente, a proposta foi submetida, ainda no mês de abril, à apreciação dos colegiados de Música e Artes Visuais da unidade, sendo aprovada por unanimidade no Conselho Diretor da faculdade, posteriormente.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.