Projeto/Ufopa de preservação de documentos é aprovado por Biblioteca Britânica

Compartilhe:

O Centro de Documentação Histórica do Baixo Amazonas (CDHBA), vinculado à Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa), deve iniciar em janeiro deste ano o projeto Digitisation of Justice court files during the 19th century in Brazilian Amazonia (1800-1900), que visa digitalizar documentos da Comarca de Óbidos datados do século XIX.

A proposta foi aprovada por uma das maiores e mais importantes bibliotecas do mundo, a British Library, sediada em Londres (Inglaterra).

Será destinado ao projeto o valor de 55 mil libras, que corresponde a aproximadamente 387 mil reais.

Com isso será possível digitalizar cerca de 100 caixas de processos cíveis e criminais que mostram o funcionamento da justiça na região e, inclusive, a aquisição de equipamentos de última geração para o trabalho.

Com previsão de dois anos de duração, o projeto terá ainda o auxílio de oito bolsistas.

A coordenação é dos pesquisadores da Ufopa Gefferson Ramos Rodrigues, Wânia Alexandrino e Luiz Carlos Laurindo Júnior e da pesquisadora do Conselho Nacional de Pesquisa Científica da França, Emilie Stoll.

O grupo encampa outro projeto para a digitalização dos documentos da Comarca de Óbidos, patrocinado pela Universidade da Califórnia (UCLA), destinado aos arquivos do século XX.

Ambos integram o Endangered Archives Program, programa mundial para a preservação de acervos que se encontram ameaçados.

Segundo Gefferson Rodrigues, “Como a região amazônica, devido ao clima quente e úmido, torna muito difícil a preservação de documentos em papel, o projeto desempenha uma função da maior importância para a preservação de documentos especialmente raros”.

“Essa parceria ainda é reforçada pelo apoio do Conselho Nacional de Pesquisa Científica da França e pode abrir, no futuro, a possibilidade para intercâmbios acadêmicos entre professores e alunos provenientes da Universidade da Califórnia e da Inglaterra, o que dará uma dimensão internacional às pesquisas do CDHBA”, comenta.

Ao final dos trabalhos, o conjunto de documentos datados de 1800 a 1988 estará disponível para consulta na internet.


Fonte: Comunicação/Ufopa, com informações do CDHBA

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.