TA reinicia programação com concerto da Orquestra de Violões

Compartilhe:

Depois de sanitizado nesse fim de semana, o Teatro Amazonas retoma as suas atividades, nesta terça-feira (20/7), às 20h, com o concerto De Canhoto a Nicanor, da Orquestra de Violões do Amazonas (Ovam).

A diretora da casa, Sigrid Cetraro, disse que foram adotadas medidas para proporcionar uma experiência segura aos frequentadores.

Ela destaca que a sanitização é um dos processos que constam no manual criado pela equipe do Teatro Amazonas.

“Estamos de volta com nossos espetáculos. Recebemos sanitização e nos debruçamos na criação de protocolos para receber o público com toda segurança em prevenção a Covid-19. Os nossos funcionários receberam treinamento e, dentro desses protocolos, nós temos todas as adequações necessárias”, afirma a diretora.

Sigrid Cetraro explica que a entrada vai acontecer pelas três portas da frente, uma hora antes dos espetáculos, e a saída pelas laterais, para evitar aglomeração nas dependências do Teatro.

“Providenciamos entradas pelas três portas frontais e, também, saída diferenciada para pavimentos e plateia pelas laterais. Todos os nossos funcionários tiveram treinamento, inclusive os terceirizados, para que pudéssemos fazer uma boa higienização após os eventos e após a visitação também, que já estamos abertos, para atender todos os protocolos definidos no nosso manual”, comenta a responsável pelo espaço.

Entre os procedimentos adotados estão ainda o uso obrigatório de máscara, aferição de temperatura e álcool em gel em pontos estratégicos. Os assentos na plateia e nas frisas vão ser intercalados para manter o distanciamento.

Foto: SEC/ Manuella Barros

Agendamento

Em julho, as apresentações seguem com a Amazonas Filarmônica e Balé Folclórico do Amazonas, com vagas disponíveis somente para o concerto do dia 29.

Para agendar, o público deve acessar cultura.am.gov.br e informar um número de telefone e CPF.

O espetáculo Sinfonia Surpresa e Concerto de Khachaturian vai ser apresentado com a Amazonas Filarmônica, na quinta-feira (22/07), com obras de Franz Joseph Haydn e Aram Khachaturian.

No dia 27 é a vez do Balé Folclórico do Amazonas (BFA), com o espetáculo Cores do Rio, sobre um trabalho de pesquisa conduzido pela diretora artística da companhia, Conceição Souza, e desenvolvido pelos próprios bailarinos acerca da realidade amazônica.

No dia 29, a Amazonas Filarmônica apresenta a A Forma-Sonata – Sinfonia Linz de Mozart, um concerto sobre a forma-sonata, encontrada na estrutura de muitas sinfonias do classicismo, com o maestro Otávio Simões.

 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.