Inscrições para o seminário do Festival Folclórico do AM estão abertas

Compartilhe:

Estão abertas as inscrições para o Seminário de Análise Crítica e Técnica do Festival Folclórico do Amazonas, que acontece entre os dias 20 e 25 de setembro, no Salão Solimões, localizado na avenida Sete de Setembro, anexo ao Palácio Rio Negro, no Centro de Manaus.

A iniciativa tem o apoio do Governo do Amazonas por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa em parceria com a Fundação Municipal de Cultura e Turismo (Manauscult).

O formulário de inscrição está disponível no link https://bityli.com/Z9uh9X.  Podem participar grupos das categorias bronze, prata e ouro.

A programação conta com as palestras “Reflexão Sobre a Evolução do Folclore e sua Relação com o Turismo”, com José Nogueira; “Danças Folclóricas e Danças Parafolclóricas”, com André Durand; “A Espetacularização das Festas Juninas no Espaço Urbano”, com Frank Brandão; “As Perspectivas em tornar o FFAM em Produto Turístico”, com Sabá Moura; “Termos de Fomento”, com Anne Paiva; “Prestação de Contas”, com Alderlani Oliveira; “Visão Acadêmica no Julgamento do Festival Folclórico”, com Amanda Pinto; e “Imersão do Acadêmico no Processo Criativo de uma Dança Folclórica”, com Francis Baiardi.

Durante o evento, vão ser avaliados temas como formato do Festival Folclórico do Amazonas, a fim de identificar problemas e propor alternativas para a próxima edição, além de demandas como a necessidade do Registro do Festival como Patrimônio Cultural e a realização de minicursos e oficinas em diversas modalidades de grupos folclóricos.

Festival Folclórico – Neste ano foi realizada a Live Folclórica, com apoio do Governo do Amazonas, entre os dias 18 e 22 de agosto, na Arena Poliesportiva Amadeu Teixeira, com transmissão pelo YouTube (Cultura do AM) e Facebook (@culturadoam) da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, do Governo do Amazonas (@governo_do_amazonas) e da TV Encontro das Águas (@tvencontrodasaguass).

Ao todo, 67 grupos participaram da Live Folclórica. Todas as atrações que participaram do festival fazem parte da categoria Ouro e tiveram 15 minutos de apresentação.

Os grupos tiveram equipes reduzidas, devido aos protocolos de segurança e prevenção contra o novo coronavírus. A Fundação de Vigilância em Saúde Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP) realizou testes de Covid-19 nos participantes durante os cinco dias.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.