UFPA realiza Congresso Forcine 2021 com debates sobre temas emergentes

Compartilhe:

Entre hoje (29/9)  setembro e 2 de outubro, a Universidade Federal do Pará será a sede da edição virtual do XVII Congresso do Fórum Brasileiro de Ensino de Cinema e Audiovisual (Forcine)

Sob a temática central ”Conexões e Resistências Audiovisuais: Ações e Perspectivas para Mundos Emergentes”, o evento pretende reunir docentes, discentes, pesquisadores, especialistas e profissionais do Cinema e do Audiovisual brasileiros em um debate acerca das possibilidades de ensino, pesquisa e extensão que envolvem o cenário do Audiovisual.

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas no site do evento.

O Fórum Brasileiro de Ensino de Cinema e Audiovisual congrega e representa as instituições e os profissionais brasileiros dedicados ao ensino de Cinema e Audiovisual.

Sua composição conta com 32 escolas de Cinema associadas, incluindo o Curso de Cinema e Audiovisual da UFPA, e esta é a primeira vez que o Congresso do Forcine é sediado na região amazônica.

“Receber o congresso do Forcine é muito importante para descentralizar o debate sobre Cinema no país e produzir novas conexões. Seguimos como o único curso de Graduação em Cinema da região e é a primeira vez, em vinte anos, que o congresso é sediado no Norte. São fatos que nos levam a pensar sobre a necessidade de ampliar os espaços acadêmicos de Cinema na Amazônia. Além disso, durante o congresso, vamos comemorar os dez anos do nosso curso da UFPA. Vai ser uma oportunidade para refletirmos sobre nossa trajetória, nossas ações de ensino, pesquisa, extensão e sobre a nossa produção audiovisual universitária”, comenta o professor Alex Damasceno, coordenador do Curso de Cinema e Audiovisual da UFPA.

Para esta edição, a temática escolhida aponta para o surgimento de novos desafios, novos olhares e novas conexões, e a necessidade de se debater temas como o desenvolvimento de pesquisas acadêmicas sobre Cinema e Audiovisual na Amazônia, para que seja possível encontrar soluções que contribuam para o processo de capacitação acadêmica do profissional de audiovisual na região.

“A temática foi escolhida para proporcionar debates sobre os novos desafios do ensino e da profissionalização na área do Cinema e do Audiovisual, diante das mudanças do mundo e do cenário atual. A partir dele, vamos debater sobre a necessidade de novas políticas para o audiovisual, a produção universitária e a inserção profissional, os impactos ambientais da produção e as pesquisas em Cinema na Amazônia. São muitos desafios que nos conectam neste momento e que nos levam a traçar caminhos de ação e resistências”, comenta Alex Damasceno.

Dez anos

Hoje, às 19h, a programação do Forcine irá contar com uma mesa em comemoração aos dez anos do curso de Cinema e Audiovisual da UFPA, completados em 2021.

A mesa, que contará com a participação dos professores Alex Damasceno, Jorane Castro, Yasmin Pires, Izabela Chaves, da UFPA; e Iomana Rocha (UFPE), irá abordar os desafios da formação universitária em Cinema e Audiovisual na Amazônia e suas contribuições para a construção do mercado profissional, apresentando as ações de ensino, pesquisa e extensão desempenhadas durante esses primeiros 10 anos do curso na UFPA. Haverá, ainda, uma mostra on-line com os filmes produzidos pelos alunos do curso, que ficarão em exibição durante todo o evento.

A programação completa está disponível no site do evento.


Fonte: UFPA/Comunicação

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.