Ufam e Sepror firmam convênio de R$ 500 mil para pesquisa na área rural

Compartilhe:

A Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e a Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepor) assinaram dois convênios: um para a realização de um diagnóstico da pecuária no Sul do Amazonas, e outro para o mapeamento da fertilidade do solo na região metropolitana de Manaus.

A parceria, oficializada nessa terça-feira, será coordenada pela Faculdade de Ciências Agrárias (FCA). Mais de R$500 mil estão à disposição da Ufam, para que a instituição execute os dois projetos, segundo informou o secretário da Sepror, Petrucio Magalhães Júnior.

O projeto inclui o mapeamento da fertilidade do solo em Iranduba e Presidente Figueiredo, municípios que têm quantidade significativa de produtores.

Serão feitas mais de mil análises de solos, incluindo 250 produtores, que não têm acesso a essa tecnologia.

O segundo projeto, segundo o secretário, refere-se a um diagnóstico da pecuária no Sul do Amazonas.

A região possuiu mais de 70% do rebanho bovino do estado e, recentemente, recebeu um certificado internacional de que está livre de febre aftosa

O estudo servirá para a melhora no manejo e na possibilidade de se fazer uma pecuária sustentável.

“É preciso buscar essa aproximação com a academia, que é quem detém esse conhecimento, para que a gente possa criar as políticas públicas corretas”, enfatizou o secretário.

“São convênios como esses que nos permitem fazer as funções da Instituição em uma modelagem externa a sala de aula. O aluno trabalhará junto com os produtores, com as comunidades, além dos seus professores pesquisadores e é isso que queremos. Gostaria de agradecer a Secretaria de Estado de Produção Rural por confiar no trabalho da Ufam e, também, aos professores da FCA por proporcionarem esses projetos”, destacou reitor da Ufam, professor Sylvio Puga.

A vice-reitora da Ufam e professora da FCA, docente Therezinha Fraxe, destacou a relevância do momento para as duas instituições.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.