Ufam ouve moradores de Manaquiri sobre criação de polo EAD

Compartilhe:

Com a presença de mais de 500 moradores, a Ufam deu início, na cidade de Manaquiri, ao grande projeto de levar formação qualificada por meio do ensino a distância, para todos os municípios do estado do Amazonas.

Na última sexta-feira, dia 15 de outubro, Dia dos Professores, a Universidade promoveu, juntamente com a Prefeitura de Manaquiri, a audiência pública que debateu os cursos possíveis de implantação para aquela cidade.

O evento aconteceu na quadra poliesportiva José Lins e reuniu, além dos locais, os representantes das partes que assinaram o Termo de Cooperação, o reitor da Ufam e o prefeito da cidade, Jair Souto.

À mesa da solenidade, estiveram a vice-reitora, professora Terezinha Fraxe, o diretor do Centro de Educação a Distância, professor João Víctor Figueiredo, o vereador Janderli Carvalho, o deputado federal Silas Câmara e o deputado Estadual Dermilson Chagas. Além deles, a coordenadora de projetos da Associação Amazonense de Municípios (AAL), Railine Guerreiro e o prefeito do município Careiro Castanho, Nathan Macena.

Pela Ufam, a vice-reitora, professora Terezinha Fraxe, mencionou a participação valorosa de todos os entes que atuaram para o andamento do projeto capitaneado pela Ufam e AAL. Ela enalteceu, ainda, o investimento nas potencialidades de cada município, no caso de Manaquiri, a importância do setor primário como via de transformação para mulheres e homens amazônidas.

“Aqui temos uma junção importante de forças para promoção deste momento tão importante: professores comprometidos, parlamentares como o deputado Silas Câmara, que tem feito seu papel de apoiar a educação junto à bancada amazonense e gestores públicos, que há mais de dois meses, não têm medido esforços para garantir dias melhores de serem vividos neste Estado”, frisou ela, que publicamente, vestiu a camisa do evento, exemplo seguido pelos componentes da mesa.

“Morei três anos no interior do Estado e sei que quando da seca ou da cheia, muitos são os desafios impostos pela própria natureza. A ciência, o conhecimento, o homem, precisam estar em sintonia para entender como melhor usufruir dela, em todas as perspectivas. A Ufam estará aqui para andar de mãos dadas com vocês. Contem conosco”, afirmou.

Lembrando que a Ufam é um time, o reitor Sylvio Puga falou que a Universidade trabalha para atender aos anseios da sociedade e que o CED é fruto disso.

“A Ufam já atua na formação em nível de graduação na região, por meio do CED, há mais de 14 anos. Desde a assinatura do termo de cooperação, que se deu na presença do ministro da Educação, Milton Ribeiro, vínhamos mobilizando todos os setores envolvidos para viabilizar este momento, de estar com vocês e apresentar cursos que possam potencializar serviços e setores de Manaquiri”, disse o reitor.

O deputado estadual Dermilson Chagas abriu a fala entre os parlamentares. “Antigamente tínhamos poucas universidades, e essa que chega para os senhores, agora, devem ser aproveitadas da melhor maneira. Acreditem em vocês! Vamos fazer disso a chance de transformar a cidade em que vocês vivem. Parabéns, Ufam”, disse.

O deputado federal Silas Câmara parabenizou a Ufam pelo compromisso social com a Amazônia ao longo de mais de 112 anos.

“Estamos testemunhando um avanço sem precedentes na Educação do Amazonas. Estou feliz por ter trabalhado junto ao Ministério da Educação para que a parceria entre a Ufam e a AAM beneficie milhares estudantes em todos os municípios de nosso estado”, comentou.

O prefeito Jair Souto enfatizou a disponibilidade da Ufam em interiorizar as suas ações para o desenvolvimento do interior do Amazonas, e tem um papel muito importante na busca da eficiência da gestão pública, nos desenvolvimentos econômico e social.

“Para os munícipes de Manaquiri é uma oportunidade que está acontecendo em um momento único. Quero agradecer aos parlamentares, na pessoa do deputado federal Silas Câmara , por nos ajudar nessa interlocução.Vamos colocar todos os aparelhos públicos do município à disposição da Ufam e da sociedade com escolas, internet, tecnologias e as condições estratégicas necessárias para de fato desenvolvermos”, ressaltou o gestor municipal.

Interação

A dinâmica da audiência pública foi precedida pela fala das autoridades, apresentação sobre a atuação do CED/Ufam – a quem compete a gestão dos cursos a distância, ofertados dentro do termo de cooperação -, seguido pelos questionamentos do público que, antecipadamente, foi credenciado pela organização do evento.

O diretor do Centro de Ensino a Distância (CED/Ufam), professor João Víctor Figueiredo Cardoso Rodrigues, explicou que o processo seletivo para os cursos será simplificado, na forma de vestibular, mas específico para as vagas no município ofertando dois cursos, cada um com 50 vagas a expectativa é que o edital saia ainda este ano para as aulas iniciarem em 2022.

“Dessa forma, a oferta de vagas oportuniza com grande relevância a capacidade de formação profissional de qualidade no interior do nosso estado para o desenvolvimento regional”, informou.


Fonte: Ufam

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.