Nona escola do Cetam começa atividades para capacitar 9 mil alunos por ano

Compartilhe:

Mais de dois mil alunos inscritos na nova escola do Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam), localizada no conjunto Galileia, zona Norte, começaram suas atividades de capacitação profissional, nesta segunda-feira (20/10).

Na escola, começaram a funcionar 43 cursos, divididos em três turnos (matutino, vespertino e noturno), de segunda a sexta-feira.

As capacitações se repartem em diversos ramos, como gastronomia, informática, artesanato, estética, corte e costura, entre outras atividades.

A nova escola tem capacidade para atender 9 mil alunos por ano, sendo 2.250 a cada trimestre.

Boa parte dos inscritos procura se qualificar para entrar no mercado de trabalho, obter independência financeira ou ser dono do próprio negócio a partir do que foi aprendido. Para a diretora acadêmica do Cetam, Rita Mara Garcia, a maior escola profissional do Amazonas é o ponto de partida em várias dessas histórias.

“Os alunos estavam desde cedo esperando, com uma expectativa muito grande. São 2.070 alunos que estarão nos três turnos, manhã, tarde e noite. Então os alunos estão muito satisfeitos. Hoje nós iniciamos e eles estão esperando realmente essa qualificação, esse momento que é muito importante para eles”, disse ela.

Rita Maria, professora e diretora do Cetam.

Expectativa

Nos cursos mais concorridos, como o de Informática Básica, qualquer informação exposta é valiosa.

Formada em serviço social, Eurides Duque, 32, viu no Cetam uma oportunidade para se aperfeiçoar. Ela explica que Informática Básica é um requisito para diversos processos seletivos, e por meio do curso, se sentirá mais preparada para novos desafios.

“Eu espero poder aprender noções de informática, porque a cada dia a gente tem que buscar conhecimento, informações, porque a partir do momento que a gente quer algo, se a gente ficar parada a gente não consegue evoluir. Buscando conhecimento, se atualizando, com certeza não ficaremos para trás quando surgir uma oportunidade”, afirmou.

Eurides Duque: aluna de Informática

Outro ramo de grande procura no Cetam é o de estética, ligado ao eixo tecnológico de ambiente e saúde. Dentro dele, as aulas de corte e escova de cabelos são novidades para todas as alunas inscritas.

Formada em Administração, Andreza Bezerra, 38, está desempregada desde 2016, e resolveu investir no sonho para num futuro próximo abrir o próprio salão de beleza.

“Hoje o mercado de trabalho exige que você tenha um nível técnico de conhecimento e através do curso do Cetam eu quero conseguir conquistar esse mercado de trabalho. É um desejo que está se realizando. Para mim é como se fosse uma conquista de algo que até então antes era um pouco inalcançável, mas que bom que o Cetam veio oferecer esse curso pra gente e está nos ajudando a conseguir”, afirmou Andreza.

Andreza Bezerra: aluna de Corte e Escova

Além do curso

Além dos conhecimentos técnicos ensinados em sala de aula, os instrutores do Cetam carregam a missão de incentivar os alunos a apostarem em si mesmos. Para o professor do curso de corte e escova, Renato Santos, cada sonho realizado é a prova de que o trabalho é feito da forma correta.

“A gente fica muito emocionado porque são muitas histórias que eu já ouvi dentro de sala de aula. Eu já lutei por alunas que queriam desistir por conta dos esposos não as deixarem participar do curso e eu já cansei de ir nas casas perguntar o ‘porquê’ de não estar vindo. A gente acaba tendo uma relação com o aluno para que ele não desista”.

Renato Santos: professor de Corte e Escova

Para a professora do curso de tortas doces e salgadas do Cetam, Karla Coelho, assim como as receitas ensinadas em sala de aula, a “mistura” de sentimentos ao observar o sucesso de um aluno é o que faz valer todo o esforço.

“É uma mistura de sentimentos mesmo. É um desafio, que sempre é uma turma nova, e um prazer ao mesmo tempo, porque quando a gente passa o que a gente sabe dá esse prazer de ver ao final do curso o resultado, cada aluno executando suas preparações ali com êxito e todos satisfeitos”.

Investimentos

Com investimentos de R$ 10.423.543,35, a nova unidade do Cetam tem 3.555,12 m² de área construída, com seis salas de aula, 16 laboratórios, biblioteca, auditório para mais de 100 pessoas e estacionamento coberto.

A implantação do Cetam Galileia segue a política definida pelo governador Wilson Lima para ampliação e diversificação da educação profissional no Amazonas, com o objetivo de melhorar a qualificação dos trabalhadores para o mercado de trabalho e também incentivar o empreendedorismo.

Desde 2019, a atual gestão já ofertou 272.978 vagas em cursos de qualificação profissional, cursos técnicos e especializações técnicas por meio do Cetam, na capital e interior.

Ao todo, foram 411 cursos em diferentes áreas, nas modalidades presencial, remota e a distância.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.