Valer lança livro da psicóloga Vilma Mourão, na galeria do ICBEU

Compartilhe:

A Valer lança, neste sábado (30/10), o livro O adolescer e o amor nos discursos de mulheres manauaras, da professora e doutora em Psicologia Vilma Peixoto Mourão.

O evento ocorrerá na Galeria do ICBEU, na avenida Joaquim Nabuco, 1286, Centro, a partir das 18h.

A autora sugere que os convidados e amantes da literatura doem, na ocasião, produtos não perecíveis para ser distribuídos às instituições localizadas na área onde a pesquisa, que resultou no livro, foi realizada.

O campo de pesquisa da psicóloga foi a comunidade do Buracão, na zona leste de Manaus, um lugar também marcado pela exclusão social, principalmente das adolescentes.

Durante toda a pesquisa, a autora fez prevalecer um olhar que valorizasse cada vivência, cada forma de se reconhecer como mulher adolescente, fugindo das perspectivas guiadas pelos “problemas da adolescência” ou que remetem toda a problemática que envolve o processo de adolescer aos adolescentes, desconsiderando a complexidade dessa fase da vida.

A coordenadora editorial da Valer, filósofa Neiza Teixeira, recomenda a aos estudiosos da Educação, da Psicologia, da Antropologia e áreas afins, e, também, aos amantes de uma boa leitura sobre as especificidades do adolescer e do amor na ótica das adolescentes manauaras e de seus cotidianos.

Conteúdo 

O livro está organizado em cinco capítulos.

No primeiro, Vilma aborda o sujeito adolescente, seu lugar na história e na vida. “A adolescência é compreendida como um fenômeno psicológico e social, econômico e cultural de acordo com o ambiente social, econômico e cultural em que vive o adolescente”.

Ainda neste capítulo, Vilma fala do corpo adolescente e suas vicissitudes; da imagem corporal – encontros e desencontros com o corpo; o corpo feminino e seus contornos; os aspectos socioculturais –  suas repercussões no corpo e na alma adolescente; o lugar do adolescente na história; e ainda sobre os adolescentes na atualidade;

No segundo capítulo, a psicóloga aborda a sexualidade humana como objeto da ciência, trata da família e da sexualidade – os primeiros laços sociais e sexuais; a sexualidade no contexto escolar; orientação sexual; sexualidade feminina; as adolescentes e suas sexualidades; sexualidades das mulheres brasileiras; mulheres amazonenses e suas sexualidades.

“A sexualidade se faz presente no contexto escolar, simplesmente, porque ela faz parte do sujeito”, ressalta a autora.

No terceiro capítulo, a autora explica a questão feminina e os relacionamentos amorosos; o feminino e a questão de gênero – velhas e novas concepções; o feminino – uma construção cultural e de cada mulher; relacionamentos amorosos – desvendando o amor; o amor e a história humana; os relacionamentos amorosos na atualidade – pegar, ficar, namorar; a iniciação sexual.

E no último capítulo, Vilma apresenta o adolescer e o amor no discurso de seis adolescentes.

Perfil

Vilma Peixoto Mourão é socióloga, psicóloga clínica com formação em Psicanálise. Professora da Universidade do Estado do Amazonas, lotada no curso de Dança, no qual leciona disciplinas vinculadas à Sociologia da Educação e Psicologia da Educação. Ela é mestre em Educação e doutora em Psicologia do Desenvolvimento e Educação.

Nascida em Recife, cursou sociologia, e veio para Manaus com 22 anos, para realizar a sua pesquisa de mestrado e acabou permanecendo na idade. Dedica-se às atividades de prática clínica e ensino. Trabalhou na Uninorte, na Unip, na Ulbra e na Dom Bosco.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.