Escola de Negócios da UEA entra na pauta da conferência sobre bioeconomia

Compartilhe:

O potencial da Rainforest Social Business School (RSBS) – a primeira Escola de Negócios da Floresta Amazônica – entrará na pauta do painel Bioeconomia/Amazônia e Capital Natural da Conferência Green Rio.

O evento acontece nesta sexta-feira (26/11), às 13h10 (horário de Manaus) e será transmitido gratuitamente pela plataforma do evento.

Participam do painel a fundadora e presidente da Earth3000, Maritta Koch Weser; a diretora executiva da Conexsus – Instituto Conexões Sustentáveis e da CX Investimentos Socioambientais, Carina Pimenta; e o diretor científico do Amazônia 4.0, Ismael Nobre.

A nona edição do Green Rio ocorre em formato híbrido, com acesso gratuito, no período de quinta-feira (25/11) a 27 de novembro, na Marina da Glória, no Rio de Janeiro.

Nesta edição, o evento tem como objetivo discutir o papel do Brasil como país estratégico no cenário da bioeconomia mundial.

A Escola de Negócios da UEA surgiu em 2019, após tratativas com a Green Rio, e tem o objetivo de ajudar no desenvolvimento da economia do Amazonas, por meio da implantação de negócios sustentáveis.

O primeiro fruto da RSBS é a Pós-Graduação Lato Sensu (Especialização) Amazon Rainforest Business – Negócios da Floresta Amazônica.

A universidade ainda terá um estande físico para divulgar a RSBS e a pós-graduação e contará com a presença da coordenadora pedagógica da Pós-Graduação Lato Sensu Amazon Rainforest Business – Negócios da Floresta Amazônica, Andrea Lanza Cordeiro de Souza; e do professor da pós-graduação, Sálvio de Castro e Costa Rizzato.

De acordo com Andrea Lanza, participar da Green Rio 2021 é uma oportunidade ímpar de alinhar novas parcerias, aprendizados e diálogos sobre os bionegócios e a movimentação desse mercado em cenários fora da Amazônia.

“Esperamos que, de início, seja atingido o objetivo de ampla divulgação e fomento de parcerias, mas certamente que negócios como Simbioze Amazônica, CoperMaues, Apoena, Kombucha, ovos caipiras Nhô Zé, dentre tantos outros, alcancem sua visibilidade de mercado, possam divulgar os bionegócios e alavanquem cada vez mais esses mercados”, destacou.

A coordenadora ainda explicou que os alunos da pós-graduação em Rainforest Amazon Business também vão participar do evento.

“A disciplina que está acontecendo agora (Biodiversidade e Bionegocios na Amazônia) está totalmente “linkada” com o evento”, explicou.

 RSBS/UEA

A Rainforest Social Business School (RSBS/UEA) é voltada para a implementação de negócios que garantam o desenvolvimento econômico, a inclusão e equidade social como oportunidades de mercado para produtos e serviços oriundos de florestas tropicais respeitando os ecossistemas e sociedades.

O primeiro fruto da Escola é o curso de pós-graduação da Rainforest Social Business School (RSBS), que iniciou em julho de 2021.

Com duração de 18 meses e carga horária de 450 horas, a Amazon Rainforest Business ofertou para as primeiras turmas 850 vagas distribuídas para Manaus e mais 13 municípios do Amazonas.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.