Projeto da Ufac ganha prêmio Basa de empreendedorismo consciente

Compartilhe:

O projeto de extensão Rede Solidária de Venda de Produtos Agroecológicos de Pequenos Produtores Rurais no Município do Bujari (AC), do Centro de Ciências Biológicas e da Natureza (CCBN) da Ufac, ganhou o prêmio Banco da Amazônia de Empreendedorismo Consciente, edição 2020/2021, na categoria Iniciativa de Desenvolvimento Local. O julgamento on-line foi realizado em 17 de novembro.

A ideia do projeto, coordenado pelo professor Moisés Silveira Lobão, surgiu na quarta etapa do curso Formação Política e Sindical do Andes, que é o Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior, ocorrida em Rio Branco nos dias 6 e 7 de abril de 2018, na sede da Associação dos Docentes da Ufac (Adufac).

Na ocasião, professores de todo o país, alunos e representantes de movimentos sociais e populares do Acre discutiram a necessidade de projetos sindicais e acadêmicos fora da universidade, objetivando construir um vínculo com os trabalhadores e suas demandas.

O projeto teve financiamento da Pró-Reitoria de Extensão, via seleção em edital, e contou com apoio do Movimento de Mulheres Camponesas do Acre, o qual divulga a importância da agroecologia e do compromisso comunitário a feirantes, e da Adufac, que cedeu espaço em sua sede para realização da feira agroecológica.

Professores dos cursos de Engenharias Agronômica e Florestal do CCBN prestaram assistência técnica para qualificar feirantes na produção agroecológica e de alimentos saudáveis, antes e durante a realização do projeto, que também contou com a colaboração de técnicos, bolsistas e estudantes.

A solenidade de premiação ocorre na quarta-feira (1/12), às 16h (horário do Acre), na modalidade on-line, mediante confirmação do participante via convite da Federação das Indústrias do Estado do Acre, pelo e-mail fieac@fieac.org.br.

O prêmio é uma realização da Confederação Nacional da Indústria, das Federações de Indústrias da Região Amazônica e do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, por meio do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia.


Fonte: Ufac

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.