Valer homenageia vítimas da pandemia em lançamento In Memoriam

O editor da Valer, jornalista Isaac Macie, homenageou, na última Manhã Cultural do Parque do Mindu deste ano, realizada hoje (18/12), as vítimas de morte da covid-19 no Amazonas, no Brasil e no mundo. A editora colocou em destaque o livro Panóptico verde, obra do saudoso escritor, pesquisador e professor Luiz Fernando de Souza Santos. O autor morreu em março deste ano, mês em que o livro saiu da gráfica. Isaac Maciel revelou que sequer pôde comunicar ao autor que o livro já estava pronto. Para Isaac, Luiz Fernando simboliza o esforçou dos intelectuais para manter o conhecimento em favor da vida. “Infelizmente, ele foi uma das pessoas levadas por essa pandemia, por sinal, tão mal administrada”, enfatizou. O Panóptico verde foi apresentado pela socióloga Marilene Corrêa, colega de Luiz Fernando no Departamento de Ciências Sociais da Ufam. Entre os aspectos inovadores apresentados por Luiz Fernando, ela destacou a presença pulsante dos sujeitos da pesquisa no livro, no caso os moradores do rio Jaú (afluente do rio Negro). A Manhã Cultural deste sábado envolveu ao menos 20 escritores em apresentação de obras e sessão de autógrafos. Confira o registro fotográfico.

Compartilhe:
Luiz Fernando, homenageado In Memoriam
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.