Casa Trilhares encerra oficia na iniciação teatral

Compartilhe:

A Casa de Artes Trilhares, encerrou neste domingo (3/4), em sua sede, em Adrianópolis, zona Centro-Sul, o projeto Laboratório Trilhares, após dois meses de atividades.

Foram oferecidas cem bolsas de estudos integrais, para cursos de Iniciação Teatral, para o público infantil, juvenil e adulto, distribuído em oito turmas, com quatro professores e dois auxiliares, além de outros dois auxiliares-administrativos.

Participaram das atividades crianças, adolescentes e idosos residentes nos bairros Adrianópolis, Aleixo, Cachoeirinha, São Francisco e Petrópolis. Para estimular as famílias carentes, atendidas pelo projeto, foram oferecidas 42 cestas básicas.

“Encontrei uma oportunidade de conectar a nossa Casa com a comunidade e com certeza quero participar de uma próxima edição, oferecendo cursos de outras linguagens para a comunidade, como cinema, dança, teatro, música. Com a casa cheia, nossa manhã foi emocionante, vamos levar no coração cada aluno que passou por aqui”, “, pontuou a produtora e coordenadora da Casa de Artes Trilhares, Rafaela Margarido.

A oficina foi concluída com 57 alunos envolvidos e divididos no Festival de Cenas Curtas. O espetáculo de encerramento contou com a presença de 60 pessoas que prestigiaram as apresentações na sala de Ednelza Sahdo.

A Casa de Artes Trilhares foi contemplada com o Prêmio Manaus Faz Cultura e viabilizado pelo Conselho Municipal de Cultura (Concultura), e com apoio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult).

Para o presidente do Concultura, Tenório Telles, o projeto Manaus Faz Cultura tem mostrado frutos com um potencial multiplicador com cada criança e adolescente contemplado.

“O projeto segue um compromisso assumido pelo prefeito David Almeida em descentralizar o fazer da cultura e oportunizar trabalho e renda aos artistas e jovens”, destacou Tenório que prestigiou o encerramento das atividades.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.