Fapeam orienta sobre propriedade intelectual e registro de patente  

Compartilhe:

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) promoveu o workshop Centelha Propriedade Intelectual, Construção e Registro de Patente, na tarde desta terça-feira (05/04), no Auditório Tauató, na sede da Fundação.

O evento contou com a participação de coordenadores e membros da equipe de projetos contratados no âmbito do Programa Centelha Amazonas – Edital Nº 011/2019. A ação foi realizada em parceria com a empresa Amazônia Marcas e Patentes.

A palestra ministrada pelo diretor executivo da empresa Amazônia Marcas e Patentes, Stênio Regis, teve como objetivo principal informar e orientar sobre a importância da proteção de patentes da propriedade intelectual, detalhar os direitos concedidos pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi) e, esclarecer sobre leis e artigos de propriedade industrial; princípio da territorialidade; princípio da especialidade; marca de uso comum, entre outros.

Stênio Regis avalia que eventos como esse servem para chamar atenção de empreendedores, startups e de todos que pretendem obter uma empresa para proteção, tanto no que diz respeito à proteção de patentes e projetos de marcas a serem usadas no período de vida de uma empresa.

“Parabenizo a Fapeam pela iniciativa, pela troca de ideias e busca na proteção de bens intangíveis de uma empresa”, disse o diretor.

 Inscrições abertas

O Programa Centelha Amazonas 2, realizado pelo Governo do Estado, via Fapeam, em parceria com a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), recebe inscrições até o dia 19 de abril.

O Edital disponibiliza R$ 3 milhões para impulsionar o empreendedorismo de base tecnológica no Amazonas. Desse total, R$ 1 milhão é recurso do Governo do Estado e, R$ 2 milhões são oriundos de verba federal.

Podem inscrever ideias inovadoras pessoas físicas que atendam às exigências do edital ou empresas com faturamento anual bruto de até R$ 4,8 milhões, criadas e formalizadas a partir do Programa ou com até 12 meses da criação da empresa, contados a partir do lançamento do edital por meio do site: centelha2.amazonas@fapeam.am.gov.br

O valor da subvenção econômica pode chegar até R$ 60 mil por projeto, além da concessão de bolsas de fomento tecnológico e extensão inovadora, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), até o valor máximo de R$ 26 mil por projeto.

Acesse o edital: http://www.fapeam.am.gov.br/editais/edital-n-o-0142021-programa-nacional-de-apoio-a-geracao-de-empreendimentos-inovadores-programa-centelha-2/

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.