Semed e PM ensinam como resistir às drogas e à violência nas escolas

Compartilhe:

Secretaria Municipal de Educação (Semed). em parceria com a Polícia Militar do Amazonas, deu início, nesta terça-feira (5/4), na escola municipal República do México (bairro Flores, zona Centro-Sul), as atividades do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), nas escolas da rede municipal.

No primeiro semestre deste ano serão atendidas 20 unidades de ensino da rede municipal e aproximadamente 2.500 estudantes do ensino fundamental, anos iniciais, com aulas apoiadas pela cartilha Caindo na Real para alunos do 5º ano.

O objetivo do programa é realizar tarefas voltadas à prevenção do uso indevido de drogas e situações geradoras de violência que coloquem em risco a saúde, a integridade física e as perspectivas de desenvolvimento psicossocial de crianças e adolescentes.

O gerente de Atividades Complementares e Programas Especiais (Gacpe) da Semed, Mário Jorge Cruz Lima, explicou que o Proerd favorece a questão da disciplina e o desempenho dos alunos na escola.

“O programa favorece uma comunicação mais saudável e os alunos passam a conhecer também o trabalho da Polícia Militar, a forma que eles atuam. Eles passam a entender isso desde o momento em que eles têm essas aulas com os profissionais, com os instrutores da Polícia Militar”, acrescentou Mário Jorge.

A parceria com a Polícia Militar, por meio do Proerd, já ocorre desde o início das atividades do Programa em Manaus, com um alcance de mais de 65 mil alunos atendidos até o ano de 2021. Para este ano, a perspectiva de atendimento com aulas, oficinas e palestras é de aproximadamente 20 mil alunos.

Para o coordenador do Proerd, major Alisson Henriques, esse momento é importante porque as atividades presenciais estão sendo retomadas desde o início do ano letivo.

“Nós estamos fazendo essa visita na escola República do México e nos preparando para atender aproximadamente 2.500 alunos da rede municipal em 16 escolas. Então, já estamos programando juntamente com a Semed uma grande formatura no encerramento do primeiro semestre”, informou.

 Recepção

Para a gestora da República do México, Lucy Meire da Rocha Braga, o trabalho dos instrutores da Polícia Militar atua em conjunto com a missão da escola, de enfrentar a questão da violência e reforçar o combate ao uso de drogas.

“Recebemos eles com bastante alegria, as crianças vibram a cada terça-feira que encontram o instrutor. A nossa missão é promover uma educação pública de qualidade, é nisso que nós pautamos o nosso trabalho, então é grande a satisfação de tê-los conosco no primeiro semestre”, concluiu.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.