CABio/Ufam realiza Caminhada Ecológica nesta segunda-feira (11/4)

Compartilhe:

Conhecer uma trilha localizada no setor Sul da Universidade Federal do Amazonas. Esse é o objetivo da Caminhada Ecológica que ocorre dia 11 de abril, às 9h, com ponto de encontro no Instituto de Ciência Biológicas I e II (ICB/Ufam), promovida pelo Centro Acadêmico de Ciências Biológicas (CABio), sob supervisão do docente Ronis da Silveira.

A atividade reúne 25 discentes, têm certificado de 2h e faz parte das comemorações de 37 anos do CABio.

De acordo com o professor Ronis Da Silveira, os participantes devem levar garrafa de água, usar sapatos fechados, cabelo preso, calça e máscara.

“A intenção é desenvolver uma atividade exploratória chamada de Mostra e Fala, que consiste em ir apresentando, questionando e refletindo sobre “encontros” ao longo de um trajeto.

Alguns desses “achados” são fixos, tais como características do relevo, da vegetação, das árvores, corpos hídricos, impactos ambientais etc., sendo necessário um conhecimento prévio da área, da biologia e ecologia das espécies locais.

Outros eventos são “móveis”, como a fauna e as “interações ecológicas” (relação inseto-planta, polinização, dispersão de sementes, predação etc.).

Mas, todas as possibilidades variam em função do clima da ocasião, sendo que pode estar ensolarado, chovendo ou ambos, como regularmente ocorre na Amazônia”, explicou o docente.

O professor disse também que nesse caso específico, além de promover a integração entre os discentes em um ambiente saudável, também é importante restabelecer o contato com a Vida Selvagem, parcialmente, perdido quando passamos a viver em situação urbana.

“Sendo que, viver na Amazônia e não ter contato real e frequente com a natureza é temerário… além de pouco estratégico na formação dos nossos futuros biólogos e biólogas. Não é?!”, indagou.

A presidente do Centro Acadêmico de Ciências Biológicas (CABio), discente Michelly Siqueira, explicou que as inscrições da atividade já foram encerradas e a ideia é revitalizar o espaço físico do CABio.

“O dinheiro arrecadado com as inscrições servirá para melhorar na nossa sala, principalmente, restaurar os móveis e eletrodomésticos. Inclusive, aceitamos doações de móveis e eletrodomésticos para construirmos um ambiente agradável para os discentes”, destacou.

A discente lembrou também que as ações e projetos pensados nas instalações do CABio estão ligados ao voluntariado.

“Um ambiente confortável nos ajudará a pensar e ampliar nossas ações como o Mutirão de Limpeza que realizamos no Igarapé do Mindu, em prol do dia da água. Tivemos uma demanda altíssima e as vagas se encerram muito rápido, em breve abriremos uma nova turma para a Caminhada Ecológica”, finalizou.

Mais informações no Instagram do CABio.


Fonte: Ascom/Ufam

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.