Maués e São Sebastião do Uatumã recebem certificação orgânica de guaraná

Compartilhe:

Os agricultores das comunidades tradicionais de São José do Maués-Miri, Nova Galileia, Freguesia e São Francisco de Canindé, no município de Maués, e distrito de Santana, no município de São Sebastião do Uatumã, receberam, dia 06 de abril, a certificação orgânica para comercialização do guaraná nos mercados brasileiro, europeu e norte-americano.

A certificação, sem custo, beneficia 50 famílias de agricultores familiares, que produzem 37 toneladas de guaraná orgânico numa área certificada de 248 hectares.

A iniciativa é resultado de uma parceria entre o Núcleo de Socioeconomia da Universidade Federal do Amazonas (NUSEC/Ufam), Associação dos Agricultores Familiares do Alto Urupadi (AAFAU), Instituto Acariquara, IDAM-São Sebastião do Uatumã, Prefeitura Municipal de São Sebastião do Uatumã, Paróquia Nossa Senhora da Conceição de Maués, Sindicato de Trabalhadores Rurais de Maués, entre outras instituições.

Segundo o professor da Faculdade de Ciências Agrárias (FCA/Ufam), docente Cloves Farias Pereira, o compromisso do NUSEC é fortalecer a produção de guaraná orgânico cultivados em sistemas agrícolas tradicionais.

“Geralmente, esses agricultores familiares cultivam em sistemas agrícolas sem uso de substâncias proibidas e não têm condições de custear a assistência técnica e a certificação por auditoria. O que fazemos é identificar os pontos fracos da propriedade e propomos melhorias, a partir de recursos que existem na propriedade, com base na valorização do sistema agrícola tradicional. Ao mesmo tempo que construímos uma rede de aliados para fortalecer a associação AAFAU que custeia a certificação desses agricultores. É nisso que constituem os princípios éticos-políticos que o ordenam a relação da universidade com as comunidades”, destacou.

Cidades

Em São Sebastião do Uatumã, a produção é acompanhada pelo IDAM e NUSEC, que prestam orientação técnica em todo o processo de certificação, entre eles, recomendações sobre o uso  de insumos permitidos pela legislação, elaboração de Plano de Manejo Orgânico da propriedade, croqui, sistema de rastreabilidade e mecanismos de controle da qualidade orgânica.

Em Maués, a atuação do NUSEC iniciou em 2017 no Polo 11, com a certificação de agricultores da região do Alto Rio Urupadí, nas comunidades Santa Luzia, São Sebastião, Nossa Senhora de Nazaré, Brasiléia, Betel e São José do Paricá, por meio  do apoio técnico e orientação à adequação da propriedade ao que exige a legislação orgânica.  Em 2020, expandiu para os agricultores das comunidades do Polo 6 – Médio Apoquitaua, comunidades Ponta Alegre, São Bento, São Tomé, São Benedito das Pedras, Nova Galileia e Freguesia.

NUSEC e Projeto Rede Paullinia Cupana

O NUSEC é um núcleo de estudo, pesquisa e extensão institucionalizado na Faculdade de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Amazonas (FCA/Ufam), fundado em 2002, por uma equipe de pesquisadores, professores e discentes da Ufam, hoje conta com uma equipe multidisciplinar, que buscam contribuir cientificamente com o desenvolvimento social e econômico dos agricultores Amazônicos.

O Núcleo está dando continuidade à prestação de serviço de assistência técnica e extensão rural, tanto no auxílio a todo o processo de certificação orgânica de forma gratuita para a agricultura familiar, quanto no desenvolvimento de alternativas econômicas sustentáveis por intermédio do Projeto Rede Paullinia Cupana, que é financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (FAPEAM) e coordenado pelo professor Cloves Farias Pereira.

O Projeto tem como finalidade contribuir para o desenvolvimento socioeconômico das comunidades tradicionais produtoras de guaraná nos municípios de Maués e Boa Vista do Ramos, por meio da pesquisa aplicada, da formação de capital humano, da assistência técnica e do apoio a iniciativas de negócios sustentáveis, objetivando a melhoria dos índices de qualidade de vida e o fortalecimento das economias locais.

Mais informações no site do NUSEC


Fonte: Ascom/Ufam

Texto: Assessoria do NUSEC/Ufam

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.