Cheia do rio Negro toma abrigos de pessoas em situação de rua

Compartilhe:

As águas do rio Negro já avançaram sobre os abrigos improvisados dos moradores em situação de rua que ocupavam o acesso à praia, ao lado do mercado Adolpho Lisboa, na rua Barão de São Domingos.

Dois abrigos persistem no local, que é frequentado por trabalhadores, em sua maioria vítimas de alcoolismo, que fazem biscates nos arredores do mercado e da feira Manaus Moderno.

A subido do Negro até a esse marco, nessa época do ano, já sinaliza uma grande cheia, que poderá inundar parte do centro histórico de Manaus.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.