Ufopa e UFPA lançam primeiros livros da coleção Amazônia Recontada

Compartilhe:

O Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia da Universidade Federal do Pará (PPGSA/UFPA) e o Núcleo de Estudos Interdisciplinares em Sociedades Amazônicas, Cultura e Ambiente da Universidade Federal do Oeste do Pará (Sacaca/Ufopa) lançam nesta terça-feira (19/4), os dois primeiros livros da Coleção Amazônia Recontada.

O lançamento se dará em uma live, às 16h, no canal do Sacaca/Ufopa no YouTube.

O primeiro livro — Comunidade quilombola do Ariramba — é dedicado à comunidade remanescente de quilombo do Ariramba, localizada no limite entre os municípios de Óbidos e Oriximiná, no oeste do Pará. Sua ocupação remonta ao século XIX, quando grupos negros formaram mocambos na região. A vida cotidiana da comunidade transcorre entre as áreas de moradia, nas margens do igarapé Ariramba, e as áreas de uso comum — florestas, lagos e igarapés onde praticam o extrativismo vegetal e animal.

O segundo volume — Repartimento dos Pilões: terra de castanheiras e castanheiros — é sobre a comunidade de Repartimento dos Pilões. Localizada no Vale do Jari, na divisa do Pará com o Amapá, a comunidade enfrenta os danos ambientais provocados por um projeto de exploração industrial de celulose, implantado na região no fim dos anos 1960. Em meio a grandes extensões de terras ocupadas por plantações de eucalipto e gamelina, os moradores lutam pela conservação das florestas nativas que restam e constituem a base de seu modo de vida.

Editada pela editora universitária do Núcleo de Meio Ambiente da Universidade Federal do Pará (Numa/UFPA), a coleção Amazônia Recontada nasceu com o propósito de transformar o conteúdo produzido com o rigor acadêmico em livros com linguagem e formato mais convidativos para o público em geral.

Para ajudar a contar a história dos lugares, os livros possuem ilustrações de cenas cotidianas observadas em pesquisas de campo.

Live

Da live de lançamento vão participar membros da comissão editorial e líderes comunitários, abordando a importância de divulgar resultados de pesquisas para as próprias comunidades estudadas. Será realizada em conjunto com a Diretoria de Cultura da Pró-Reitoria da Cultura, Comunidade e Extensão (Procce) da Ufopa. A participação é gratuita e não será feita inscrição prévia.

Durante o evento, será compartilhado link para os interessados em declaração de duas horas para fins de atividades complementares.

Acompanhe a live a partir das 16h: https://www.youtube.com/sacacaufopa


Fonte: Comunicação/Ufopa, com informações do Sacaca/Ufopa

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.