Destaque para o chá, a bebida mais consumida do mundo depois da água

Compartilhe:

Um produto que surgiu há mais de 5 mil anos e que até hoje, continua contribuindo para a saúde das pessoas e para o desenvolvimento econômico. Estamos falando do chá, a bebida mais popular do mundo depois da água, sendo que a ONU marca esse sábado, 21 de maio, o Dia Internacional do Chá.

Dados da organização mostram que a produção das folhas de chá apoia 13 milhões de pessoas, incluindo pequenos agricultores e suas famílias, que são responsáveis por 60% da produção mundial. Somente a cadeia produtiva de chás movimenta ainda mais de US$ 17 bilhões por ano, além dos US$ 9,5 bilhões gerados pelo comércio global do produto.

Ritual histórico

Para as Nações Unidas, o Dia Internacional do Chá é “uma oportunidade de celebrar heranças culturais, benefícios para a saúde e a relevância econômica”.

Garantir que a produção seja sustentável “do campo à xícara” também é outra meta.

Partilha

Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) destaca que a importância da bebida “vai além do simples gesto de colocar água quente sobre folhas de chá”.

A agência menciona a “a troca de experiências entre pessoas, que ao tomarem uma xícara de chá acabam partilhando histórias de vida e ideias”.

Agricultural and Rural Bureau Plantação de folhas de chá em Fuzhou, na China. Foto: FAO/Fuzhou

A bebida é adorada por milhões de pessoas, da China à Argentina, da Índia ao Reino Unido, sendo que cada cultura tem a sua própria tradição ao tomar o chá.

A FAO salienta também que durante a pandemia de Covid-19, o chá “levou conforto a milhões de pessoas ao redor do mundo, sendo que houve aumento da demanda”, especialmente entre consumidores jovens.

Uma pesquisa feita pela agência revela que as pessoas mais novas “redescobriram seu amor pela bebida durante o confinamento, devido aos benefícios de hidratação e à sensação de bem-estar.


Fonte: ONU News

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.