Leitore(a)s de Manacapuru celebram o novo livro de Rosely Barros

A escritora manacapuruense Rosely Barros lançou ontem (02/7) o livro infantojuvenil Inaiá Cunhatã e a cheia do rio Solimões (Editora Telha), no auditório do Coqueiros Hall, em Manacapuru (AM), com a presença de professores, escritores e crianças. O livro narra a história de uma menina ribeirinha que se diverte com a cheia do rio Solimões, porque sem sair de casa ela pode pescar de anzol, beneficiando-se das frestas do assolho, uma atividade reservada aos homens adolescentes e adultos. “Voltei no tempo. Me deitei de barriga para baixo no assoalho, ao lado da Inaiá. Fiquei com os olhos arregalados vendo os peixes brincando na água do rio. E pulei de surpresa quando Inaiá fez um enorme barulho dizendo que tinha pescado um pirarucu. Tudo isso, porque mesmo escrito e lindamente ilustrado por adultos, a história de Inaiá em um livro feito por crianças para crianças”, observa o linguista e escritor Odenildo Sena, prefaciador da obra. Odenilo participou do evento por meio de uma mensagem gravada. Também foi rodado um filme com o título homônimo do livro, produzido pelo cineasta Z Leão. A escritora e a sua obra foram saudadas pelo advogado e professor Raimundo Nogueira, também autor de obras infantojuvenis. Confira o registro fotográfico do evento:

Compartilhe:
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.