Deprecated: A função Advanced_Ads_Plugin::user_cap está obsoleta desde a versão 1.47.0! Em vez disso, use \AdvancedAds\Utilities\WordPress::user_cap(). in /var/www/html/amazonamazonia.com.br/web/wp-includes/functions.php on line 5381

Professor recomenda a leitura de 4 livros essenciais para a prova do Enem

Compartilhe:

A literatura brasileira desempenha um papel importante no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) por várias razões. Ela não é apenas um elemento isolado da prova, mas está ligada a diversos aspectos do conhecimento e das habilidades que o exame busca em avaliar os candidatos.

A matéria na avaliação costuma ser abordada de maneira interdisciplinar, ou seja, relacionada a outros campos do conhecimento, como história, sociedade e cultura. Ela faz parte da prova de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, que engloba temas relacionados à língua portuguesa, comunicação, artes, entre outros.

“Ao explorar obras literárias, os estudantes não só expandem seu repertório cultural, mas também aprimoram sua capacidade de pensar de compreender contextos históricos e sociais e expressar ideias de maneira expressiva”, comenta Alencar Schueroff professor de Literatura, da Plataforma Professor Ferretto – canal 100% on-line focado na preparação para o Enem e demais vestibulares.

Tendo em vista a importância da disciplina na avaliação, o docente cita 4 leituras essenciais para ir bem no exame:

Memórias Póstumas de Brás Cubas

Um dos romances mais conhecidos do escritor brasileiro Machado de Assis, publicado pela primeira vez em 1881, a obra é uma das principais referências do Realismo. O livro é narrado por Brás Cubas, um defunto autor, que conta a sua própria história após a morte. Essa narrativa permite uma análise irônica e crítica da sociedade brasileira da época, bem como uma reflexão sobre a condição humana e os valores da vida e da morte.

“Essa obra é frequentemente abordada na prova pela maneira como reflete os valores e as questões da sociedade da época. Ela oferece uma oportunidade para os estudantes explorarem a narrativa diferenciada de Machado de Assis e refletirem sobre os aspectos críticos e filosóficos presentes na literatura brasileira”, diz o professor.

O Cortiço

Romance escrito por Aluísio Azevedo e publicado em 1890, é considerado uma das obras mais importantes do Naturalismo, o livro retrata de forma realista e crua a vida de um cortiço no Rio de Janeiro do final do século XIX, explorando diversos aspectos dessa realidade. Para o docente, essa é uma das leituras mais importantes para a literatura. “A obra é relevante não apenas pelo seu valor literário, mas também por sua representação da sociedade brasileira do século XIX e por sua contribuição para a análise crítica das condições de vida das classes menos privilegiadas”, comenta o professor.

A Hora da Estrela

O livro escrito por Clarice Lispector, publicado em 1977, pouco antes da morte da autora, o romance é considerado uma das obras-primas de Lispector e aborda temas profundos relacionados à identidade, à solidão e à complexidade da existência.

“Sua abordagem profunda e reflexiva sobre a condição humana, A Hora da Estrela é frequentemente abordado em exames como o ENEM. Através dessa obra, os estudantes têm a oportunidade de explorar questões existenciais, analisar a complexidade das relações humanas e refletir sobre a linguagem e a narrativa”, acrescenta Alencar.

Vidas Secas

O romance é um marco do movimento regionalista, que busca retratar a realidade e as características culturais de determinada região. A obra aborda as dificuldades enfrentadas na luta diária pela sobrevivência, explorando temas como a miséria, a falta de perspectivas, a exploração e a relação com a terra árida.

“Estudar essa obra permite que os alunos compreendam melhor aspectos da sociedade brasileira, desenvolvam habilidades de análise crítica e interpretação textual, e reflitam sobre pautas sociais e humanas”, finaliza o professor.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.