Deprecated: A função Advanced_Ads_Plugin::user_cap está obsoleta desde a versão 1.47.0! Em vez disso, use \AdvancedAds\Utilities\WordPress::user_cap(). in /var/www/html/amazonamazonia.com.br/web/wp-includes/functions.php on line 5381

Ana Paula Gimenez lança a obra Eu achava que era amor

Compartilhe:

Neste guia, a autora procura identificar, prevenir e sair de relacionamentos abusivos, e também mostrar caminhos para o amor-próprio.

O livro conta com o prefácio de Raquel Kobashi Gallinati Lombardi, delegada de polícia do estado de São Paulo, Diretora da Associação dos Delegados de Polícia do Brasil e Embaixadora do Instituto Pró-Vítima.

A obra é dividida em dois momentos: roteiro do abuso e um guia de desintoxicação do relacionamento abusivo.

A primeira parte tem o intuito de apontar e direcionar práticas para reconhecer situações de abuso.

Nesses capítulos, o leitor é apresentado aos tipos de violência mais frequentes e como estas são tipificadas no Código Penal.

Já na segunda metade, o foco é fornecer meios para sair de um relacionamento abusivo.

Ana Paula traça um processo de desintoxicação que inicia com a aceitação de que existiu uma relação abusiva até a importância de obter ajuda especializada.

De forma acolhedora, a autora mescla as experiências humanas com a jurídica, apresentando relatos de pessoas que experienciaram relações tóxicas, ao mesmo tempo que expões leis que protegem a vítima das diversas formas de violência que existem.

A advogada não se limita a dialogar apenas com quem já passou por um relacionamento abusivo, ela também busca conversar com o público que nunca vivenciou uma relação como essa, mas que deseja se prevenir.

O livro preenche uma lacuna literária ao oferecer humanização, jurisprudência e legislação sobre o tema.

Ana Paula Gimenez é uma guia que aponta os caminhos para romper esse ciclo de violência e busca ajudar e assegurar os direitos as pessoas que passaram por relacionamentos tóxicos.

Eu achava que era amor é uma importante contribuição para a conscientização da sociedade sobre a violência psicológica e a necessidade de lutar contra essa forma de opressão”, escreveu Raquel Lombardi, delegada de polícia do estado de São Paulo, no prefácio.

Autora

Advogada e escritora, Ana Paula Gimenez é pós-graduada em Ciências Jurídicas e doutoranda em Direito Civil, ambas pela Universidade Federal de Buenos Aires.

Também é pós-graduada em Direito Civil e Processual Civil.

Para além desses campos do saber, cursa Psicanálise e tem formação em Práticas Colaborativas, Direito Sistêmico e Constelação Familiar.

Atua como mediadora de conflitos, diretora no Brasil da Asociación Iberoamericana de Derecho Privado, presidente da Comissão de Direito Família e Sucessões da OAB/SP 101 e diretora da Revista Especializada de Direito Civil.

Ana Paula também é autora de livros e artigos jurídicos, palestrante e foi colunista do programa Aqui na Band, de 2019 a 2020.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.