Navegando pela Categoria

Crônicas & Resenhas

A reinvenção dos brinquedos

Com ar piagetiano e num dissimulado esforço para entender o que parecia se mostrar um grande desafio pedagógico, amiga minha registra queixas do mancebo de sete anos, filho único do casal. Andava meio preocupada com os investimentos que…

A gramática do Milton Hatoum

Nossos horários à noite coincidiam. Na trajetória para a sala de aula, no velho Instituto de Ciências Humanas e Letras da Universidade Federal do Amazonas, sempre nos encontrávamos no balcão da cantina, para um cafezinho. Embora pouco, o…

Crise da meia-idade e o mundo real 

Acordei mais sonhador. O coração cheio de amor, construindo planos de conquistas e com um desejo de viver intensamente momentos de liberdade e de desafiar as regras que escravizam o homem. Mas no meu caminho havia um espelho, refletindo e…

A cachaça do Acácio

Nunca antes na sua história de clássico bebedor imaginou pagar tão caro por uma única dose da aveludada branquinha. Aliás, diga-se de passagem, sua interlocução com esse líquido milenar, derivado da cana-de-açúcar, é sempre marcada por…

Amor líquido

Há cerca de seis anos, depois de breve reunião com o meu sócio de escritório, resolvi almoçar em um restaurante sofisticado, no bairro Vieiralves. Sentei-me à mesa e de repente entra no local uma linda mulher, deixando os clientes e…

Cartas & carteiros

Não sabia que a nobre profissão de carteiro era tão antiga. Descobri num desses dias deliciando-me com a leitura sempre prazerosa do Almanaque de Cultura Popular, essa genial criação do artista Elifas Andreato. Soube também, pela mesma…

Plaquinha sábia

Os sábios bebem. Os idiotas embriagam-se.   A plaquinha estava na pestana da porta de entrada da casa do inesperado anfitrião. Assim aconteceu... Caminhávamos pelo bosque, observando saguis-de-coleira e maritacas estridentes,…

 “Essa Terra…”

Essa terra tem povos, tem culturas, tem histórias de sucessos e insucessos e, na conformação natural do mundo, ficou com a melhor parte, que convencionaram chamar de “futuro”. Não é bem um laboratório de reserva natural, não é uma paisagem…